sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Trufas de Aguardente Velhíssima Adega de Borba com Amêndoa

Desta vez não vos venho maçar com vinho, ou melhor com garrafa de vinho, porque no fundo irei lá tocar na mesma. A Adega de Borba em parceria com a conceituada chocolateria ELLG Gourmet fez nascer estas Trufas de Aguardente Velhíssima Adega de Borba com Amêndoa que são uma verdadeira perdição. Não é necessário fazer pairing pois ela encontra-se no interior e mesmo quem diz que não gosta de aguardente vai querer mais que um. O chocolate e a Aguardente Velhíssima funcionam na perfeição e se já sabia que adorava chocolate, não sabia que também podia gostar tanto desta harmonização.
PVP: 13,80 caixa

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

João Portugal Ramos Estremus 2011 Tinto

Características
Tipo: Vinho Tinto
Castas: Trincadeira e Alicante Bouschet
Região: Alentejo
Teor Alcoólico: 14%
Produtor: João Portugal Ramos Vinhos, SA
Preço: 80€ vap caixa 3x

Nota de Prova
Este é um vinho especial, não sua pela sua qualidade, mas também pela carga emocional que o fez nascer resultado de uma procura incessante por criar um vinho único e distinto. Sem dúvida um objectivo conseguido. De cor rubi, intenso e concentrado, com bonitos violetas no bordo do copo. O nariz é dominado pelos aromas a frutos pretos maduros, muita amora silvestre, ameixa preta bem ligados com as notas especiadas, um toque de noz moscada e muito frescura. Na boca grande pujança e vivacidade, corpulento e quase mastigável. Gordo, ligeira untuosidade. Grande estrutura e complexidade, acompanhados por uma frescura extraordinária. Reitero. Um alentejano cheio de frescura e elegância. Encontra-se à venda num pack de três garrafas (imagem abaixo) que irá proporcionar beber este vinho ao longo do tempo e perceber a sua evolução. Apesar de ser um vinho que está pronto a beber já, a guarda será sem dúvida um hipótese de o ver crescer ainda mais.

Classificação: 94/100


quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Herdade do Arrepiado Velho 2012 Rosé

Características
Tipo: Vinho Rosé
Castas: Touriga Nacional e Syrah
Região: Alentejo
Teor Alcoólico: 13%
Produtor: Sociedade Agrícola da Herdade do Arrepiado Velho, SA
Preço: 7,90€ vap

Nota de Prova
Em pleno inverno, com dias chuvosos e frios, e este rosé no meu copo. Um vinho versátil quer na estação, quer na ligação gastronómica e que funcionou às mil maravilhas. Cor vermelha, intensa e forte. No nariz surge o pretendido com um rosé, muita fruta vermelha madura, fresca, com perfumadas notais florais, num conjunto fresco, a chamar o verão, mas que não se estranha no inverno. Boca com bom volume, toque untuoso, macio, com acidez no ponto e com perfil cheio de fruta sumarenta. Cativa para um prato leve, carnes brancas e com alguma gordura. Um boa opção para rosé de inverno. Final com finess e com boa persistência..

Classificação: 84/100

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

#Daowinelover | Masterclass Dão Sul | Quinta de Cabriz | 25-01-2014

Com a região Vitivinícola do Dão como pano de fundo e com a Quinta de Cabriz como cenário teve lugar mais um evento organizado pelo #Dãowinelover.  Que melhor forma para se promover uma região produtora de vinhos do que a Paixão que se tem por ela? Quem corre por gosto não cansa e esta malta já anda a correr à mais de um ano. Uma corrida que começou com dois atletas e que agora parece uma maratona dos jogos olímpicos.  Cada vez são mais #Dãowineloverers.

O desafio desta vez foi uma autêntica lição.  Uma Masterclass acerca da Dão Sul/Global Wines que permitiu conhecer um dos grandes produtores da região dos pés à cabeça.
As boas vindas foram dadas em primeiro lugar por Osvaldo Amado, um regresso que todos saudamos, e que recebeu à porta todos os participantes (cerca de 70?!?!). De seguida, às 11:00 horas em ponto, como estava previsto, o evento começou com breves palavras de boas vindas e agradecimento por parte dos criadores do grupo #Dãowinelover, de Osvaldo Amado e toda a Equipa da Dão Sul. Começámos no ano de 1990, o ano de nascimento da Dão Sul neste preciso local e terminámos no corrente ano com uma mensagem claro para o excelente trabalho de equipa cujos frutos estão à vista de todos.

A visita ao complexo era indispensável. Desde a passagem pelos modernos espaços de engarrafamento, rotulagem e vinificação até às adegas  cheias do pó do tempo e da história todos os participantes puderam viver uma experiência que tão cedo não esquecerão.  Terminando a Masterclass com uma prova de 35 vinhos onde foi possível provar os grandes vinhos desta casa e reforçar a ideia de que para além da qualidade de topo dos mesmos, a garantia de envelhecimento com a mesma qualidade é ponto assente.

 Ver álbum fotográfico deste dia aqui.

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Quinta Edmun Do Val 2010 Late Harvest Branco

Características
Tipo: Vinho Colheita Tardia Branco
Castas: Alvarinho
Região: Vinho Verde
Teor Alcoólico: 12%
Produtor: Adega Edmun Do Val, SL
Preço: 30€ vap

Nota de Prova
Um colheita tardia da região do vinho verde, 100% Alvarinho e de um produtor que nos últimos tempos nos brindou com vinhos de qualidade. Um desafio que aceitei embora tivesse desde logo um receio de não ir provar um vinho consensual. No primeiro contacto visual, amarelo palha seca, definido e brilhante, esconde um pouco as matizes habituais neste tipo de vinho. No nariz começa a cativar, bastante delicado e de intensidade reduzida, notas de pêra cozida, subtil pêssego e alperce, com agradável mineralidade e frescura. Apesar de diferente gostei. Passei à prova de boca e fiquei surpreendido, pela positiva, pelo toque suave, macio, untuoso, com travo doce equilibrado e por uma acidez acutilante que nos invade a boca após a primeira sensação mais redondinha. É um doce estranho, mas... mais uma vez... gostei. Sem dúvida na presença de algo diferente, fora do lugar comum dos colheita tardia.
Classificação: 78/100

sábado, 18 de janeiro de 2014

Ravasqueira Flavours Viognier 2011 Branco

Características
Tipo: Vinho Branco
Castas: Viognier
Região: Alentejo
Teor Alcoólico: 14%
Produtor: Monte da Ravasqueira-Soc. Agric. D. Diniz, SA
Preço: 18€ vap

Nota de Prova
Esta casa trabalha muito bem os vinhos com esta casta. Espelho disso é a excelência do seu Late Harvest e que este branco acompanha com diferentes atributos. Cor amarelo definido, com ligeiras nuances mais carregadas, típico do viognier, não demora muito tempo a ganhar estas matizes. No nariz, a dois tempos, uma primeira lufada exótica, com fruta madura e algum estranho coco; depois mais fruta fresca, com uma boa dose de mineralidade e toque floral. Na boca mostra-se com corpo e volume, uma acidez que equilibra e segura o vinho, num perfil cheio de fruta fresca e onde a madeira aparece naturalmente, mas na dose certa para não perturbar o harmonia reinante. Tem um final de boaca longo, fresco e meio seco.
Classificação: 16

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Gadanha Mercearia - Estremoz

Uma mercearia, uma garrafeira e um local ideal para uma petiscada rica em sabores alentejanos e onde a qualidade e frescura dos produtos chega à nossa mesa sempre com nota elevada.
A Gadanha Mercearia ou Mercearia Gadanha, como queira chamar, é um local onde pode simplesmente entrar para comprar produtos nacionais e importados seleccionados primordialmente pela sua qualidade e frescura, tais como enchidos, chás, chocolates, queijos, azeites, vinhos e outros que tal ou então, se preferir, entrar sentar-se à mesa, e degustar ali mesmo uma variedade de pratos e vinhos que o deixarão de imediato apaixonados e viciados por esta casa.

Assim foi comigo. Logo assim que entrei fiquei surpreendido pela decoração, pela forma como atravessando cada espaço os meus sentidos iam respondendo à experiência. Na mercearia, como se tivesse voltado no tempo, o balcão cheio de produtos que chamavam por mim, mesas com comensais que alegremente conversavam, petiscavam e bebiam um copo de vinho; logo de seguida a garrafeira, cheia de tesouros, de marcas míticas e anos míticos, ali dispostos em plena harmonia, ali prontos para a derradeira viagem; depois um espaço de restauração mais formal, diferente, com a rusticidade que se pede nesta ideia e com a modernidade que encaixa como a última peça de um puzzle. Perfeito!

Aconselho a marcação prévia de mesa pois, apesar desta casa não ter dia de descanso, é sempre muito concorrida, pelo que evitará não só o tempo de espera como o de sofrimento enquanto não ocupar o seu lugar numa mesa e começar o repasto.
Algumas das delicias degustadas nesse dia.

Croquetes de Bacalhau

Camarão (...)
Cogumelos Salteados
Bacalhau da Casa "O Nosso Bacalhau"

Bochecha de Porco Com Migas

Mil Folhas de Chocolate Branco e Frutos Vermelhos

Farófias Com Morangos Frescos

Leite Creme Queimado

Delicia de Chocolate
__________________________________________
GADANHA MERCEARIA
Tipo de Cozinha: Regional / Petiscos
Copos de Vinho Adequados: Sim
Estacionamento: Fácil
Preço Médio p/ Refeição: 25€
Satisfação: 9/10

Morada: Largo Dragões de Olivença 84 A, Estremoz
Telefone:  +351 268 333 262

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Casillero Del Diablo Reserva 2009 Late Harvest Branco

Características
Tipo: Vinho Colheita Tardia Branco
Castas: Sauvignon Blanc
Região: Maule Valley(CHILE)
Teor Alcoólico: 12%
Produtor: Vinã Concha Y Toro, SA
Preço: 7,99€ vap

Nota de Prova
Um late harvest chileno, feito com apenas Sauvignon Blanc e que já andava debaixo de olho a algum tempo sempre que o via na prateleira, quase que escondido e a pedir que o trouxesse. Tinha de ser mais tarde ou mais cedo. Sem rolha, screw cap para fácil abertura e consumo, apresenta cor amarela definida, com nuances douradas, brilhante e a cativar-nos desde logo pelo aspecto visual. No nariz já não brilha tanto. Aromas muito tropicais, algum pêssego maduro, notas meladas de média intensidade, um pouco pesado. Na boca voltamos a subir na experiência. Perfil frutado, com doce equilibrado, boa acidez, algo untuoso e acetinado. Mais frescura do que esperava e uma boa forma de começar a provar este tipo de vinho. Todavia, dentro deste valor e qualidade, existem opções em Portugal um pouco mais interessantes.

Classificação: 82/100

domingo, 12 de janeiro de 2014

Herdade do Arrepiado Velho Riesling 2012 Branco

Características
Tipo: Vinho Branco
Castas: Riesling
Região: Alentejo
Teor Alcoólico: 13,5%
Produtor: Sociedade Agrícola da Herdade do Arrepiado Velho, SA
Preço: 9,5€ vap

Nota de Prova
Com este Riesling Alentejano a Herdade do Arrepiado Velho volta a surpreender-me. Embora tente fugir a compará-lo com os Riesling que nascem em terras germânicas ou austríacas, acabo sempre por ter a tentação de ir a esse lugar comum e considerar que estou na presença de um trabalho muito bem feito. Cor amarelo citrino, de aspecto limpo e brilhante. Nariz onde a fruta citrina impera de forma bem colocada, sem exuberâncias extremas, com toranja fresca a sobressair num conjunto aromático muito fresco e apelativo. Na boca surge com acidez que nos seca a boca, limpa-nos o palato com um perfil frutado citrino fresco, com leveza e elegância e com uma persistência final duradoura. Puxe-o para a mesa.

Classificação: 86/100

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Porta dos Cavaleiros Reserva 1985 Branco

Características
Tipo: Vinho Branco
Castas: -
Região: Dão
Teor Alcoólico: 13%
Produtor: Caves São João
Preço: € vap

Nota de Prova
O Porta de Cavaleiros, já meu conhecido pela qualidade dos seus vinhos com mais idade, voltou a surpreender-me agora com um Branco com quase 30 anos de vida. E que vida. No aspecto visual atrai pela sua cor dourada, límpido e brilhante. Aromas com fruta seca, cascas de frutos secos, mineral, limpo, fresco e elegante. Na boca surge com boa acidez, ainda com um estalido por cima, o que indica desde logo que podemos continuar a apostar na sua longevidade. Seco, a puxar pelo salivar, com a boa marca do tempo. Com um potencial gastronómico fantástico. Final de boca persistente e elegante. Velhos são os trapos.

Classificação: 90/100

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Tiago Cabaço Wines | Bloggers Provam Blogs

No passado dia 14 de Dezembro, a convite do produtor, rumámos em direcção ao Alentejo para uma prova dos vinhos Tiago Cabaço Wines. O objectivo era fazer uma vertical da gama Blog assim como provar já o mais recente Blog 2011

Em plena adega, com vista privilegiada para Estremoz, decorreu em ambiente informal a prova das últimas colheitas produzidas por Tiago Cabaço. Jovem, descontraído, inovador, apaixonado e transmissor de todos estes atributos para os seus vinhos.
Curiosidade para o facto de numa visita de Bloggers a um produtor de vinhos os aguardados topo de gama do mesmo dêem pelo nome de Blog. Que ocasião mais perfeita do que esta para efectuar uma vertical desta referência?
Em jeito de estágio/preparação, as provas começaram por conhecer melhor as diversas gamas deste produtor para além do topo.

.COM 2012 BRANCO | 4€
Cor amarelo citrino, aspecto límpido. Aroma citrino e fruta tropical, directo, fresco. Boca com volume, acidez e fruta em equilíbrio. Frescura, toque mineral num perfil jovem.

.BEB PREMIUM 2011 BRANCO | 7€
Cor amarelo citrino, aspecto translúcido, limpo e brilhante. Aromas com boa intensidade a fruta exótica, fresco e directo. Na boca encontra-se macio, sedoso, com uma boa untuosidade, com perfil frutado, tropical e fresco. Final de boca persistente.

.COM 2011 TINTO | 4€
Cor rubi de média intensidade, nuances violetas, aspecto jovem. No nariz, de média intensidade, surge a fruta vermelha madura, fruta silvestre, com notas florais e minerais presentes e bem colocadas. Boca pronta. Estrutura e volume médio, perfil frutado com boa mineralidade e frescura. Jovem e pronto a beber.

.COM SYRAH+TOURIGA NACIONAL 2011 TINTO | 5,50€
Cor rubi de média concentração, aspecto jovem com nuances violeta bem definidas. Nariz intenso, floral e com fruta vermelha e preta bem marcada. Notas de algum cacau e vegetal com traço especiado. Boca segura, boa estrutura, com vivacidade, taninos presentes, prontos, com fruta preta bem presente, mineral e fresco. Final de boca longo.

.BEB SELECTION 2011 TINTO | 7€
Cor rubi, média concentração, aspecto limpo e jovem. Aromas com a intensidade da fruta vermelha madura e do floral delicado, com tostado leve, harmonioso, muito fino e com frescura final. Boca cheia, volumoso, ainda um pouco bruto, rebelde, a necessitar de mais um pouco de tempo em garrafa. Tem um final de boca prazenteiro, persistente e muito gastronómico. 

BLOG BIVARIETAL ALICANTE BOUSCHET+SYRAH 2010 TINTO | 25€
Cor rubi, intenso e concentrado no núcleo, mais aberto no bordo do copo, aspecto limpo. Aroma intenso a fruta vermelha e preta, madura e sedutora, com boa tosta, especiado e com muita frescura. Boca cheia de estrutura, volumoso, cheio, a pulsar de vida, pujante, continua à espera que o tempo passe mais por ele. Perfil fruta fresca, guloso, complexo e persistente. 

BLOG BIVARIETAL ALICANTE BOUSCHET+SYRAH 2009 TINTO | 25€
Cor rubi mais aberto, mais evoluído. Nariz intenso, fruta vermelha e preta madura, mas mais gasta e escondida, tosta leve. Boca com estrutura menos complexa que o 2010, como se fosse algo diferente, mais evoluído. Um diferença na evolução de um ano para o outro muito grande.

A partir deste ponto a prova teve uma pausa. Ninguém estava cansado, mas o relógio não deixava de ditar a sua lei e, deste modo, teve então lugar uma visita à adega para quem ainda não tivesse tido o prazer de a conhecer ou que quisesse repetir a experiência e depois, mudar de local de prova, para o centro de Estremoz, no espaço de restaurante do Gadanha Mercearia.


BLOG 2011 TINTO | 25€
Cor rubi, concentrado, intenso, bonitas nuances violeta e vermelhão. Aroma intenso, muita fruta vermelha e preta madura, notas especiadas, tostados leves, toque mineral, fresco. Boca larga, pujante, volume e estrutura. Apesar de ainda precisar de descanso em garrafa está já pronto para a mesa. Final de boca final.

BLOG 2010 TINTO | 25€
Cor rubi, média concentração, aspecto limpo, com tonalidades violeta. Nariz limpo, boa intensidade, fruta vermelha e preta madura muito delicada em proporção, notas especiadas, tosta muito bem integrada. Na boca está perfeito, redondo e polido, taninos gulosos, frescura da fruta, bem definida, com profundidade, intensidade. Um final de boca que dura e dura. Está lindo.

BLOG 2009 TINTO | 25€
Cor rubi de média concentração, nuances violeta e aspecto limpo. Aromas com boa intensidade da fruta vermelha e preta madura, bem ligada com os toques definidos das especiarias, dos tostados, complexo, desafiante. Boca grandiosa, na linha do 2010 e "vice versa", volume, largura, guloso, com boa especiaria, profundo e persistente. Que grande vinho.

BLOG 2008 TINTO | 25€
Cor rubi de média intensidade, continuidade das tonalidades já presenciadas nos anos anteriores. Nariz com a fruta vermelha e preta bem ligada com as notas especiadas e tostadas. Mantém a frescura dos anteriores. Na boca, apesar de parecer mais madurão, continua no mesmo caminho dos anteriores. Macio, sedoso, com fruta definida, prazeiroso, com muita continuidade, persistência, viciante. 

 Um conjunto de vinhos que tem como linha condutora a grande qualidade desde o entrada de gama até ao topo da pirâmide e o potencial de guarda dos Blog surpreende. Na gama Blog até o preço surpreende. O Blog 2010 e o 2009 foram para mim Reis.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails