segunda-feira, 29 de junho de 2015

Could It Be, The Most Beautiful Road In The World? Could It Be?

Let me begin this post with a warning. Not usual but I believe very important. Beware! You only have 27kms between Régua and Pinhão but this little trip might take you more than one week to complete.
Now that I have your attention let me explain why I had to do it. Many times I have made this road and always had to stop several times because I just could not resist taking some pictures to the amazing landscape that Douro has to offer us in this small track. Along with this couple of kms the road goes right up with the Douro River. So close that you can stop and just by walking some steps easily touch the water. Wonderful view, low traffic and all the aromas in the air makes this a unique moment. I just cannot resist. I always take a lot of time going from Régua to Pinhão.
So, just by the sightseeing, you will see yourself stopping and stopping all the way until your destiny. Take photos or just, like I sometimes do, just stare into the blessed amazing landscape. Breathless!
But this is only part of the journey.
In the other side of the road you have Douro winneries and wine producers, you have enoturism offer, you have some local restaurants and tascas and you have vineyards so close to you has the water of Douro River. Suddenly you realize that you are on the best spot of the planet if you are a winelover, foodie or lifestyle lover. Suddenly this sounds like the perfect place to spend a week or two or a life knowing the vast list of wine producers that offers you some top enoturism.

In just 27 kms you can find some great offers from some wine producers like Quinta de Marrocos, Quinta do Tedo, Quinta do Pôpa, Quinta do Pégo, Quinta das Carvalhas or even, if you are into to food too, the Restaurant DOC from the Chef Rui Paula among many other producers and local gastronomy. What else can you ask for?

Avis recently rated this road as the best of the world. Could it be? Don't believe a word I say, feel free to came and check for yourself.

sábado, 27 de junho de 2015

Adegga Winemarket Summer 2015 em Lisboa está de Regresso!

E faltam apenas 7 dias para o Adegga Winemarket Summer 2015 em Lisboa. Uma semaninha apenas e estaremos todos novamente o Hotel Florida a rever amigos, a conversar com produtores, a rir à gargalhada, a tirar fotografias em poses malucas, a mostrar sorrisos de orelha a orelha, a conviver com gente bonita e sempre de copo na mão com o vinho especial e apropriado para cada troca de olhares, para cada conversa e para cada momento singular.
Será escusado dizer que é um dos eventos que tenho como obrigatório para cada ano. Por isso, apareçam e vivam a experiência.

Descubra 300 vinhos de 40 produtores seleccionados. Escolha e prove vinhos entre os 5€ e os 50€. Compre os vinhos que mais gostou a preços de evento e receba em casa os vinhos que comprou directamente ao produtor.

Experimente ainda o SUSHI Wine Bar com os seus vinhos favoritos e como em eventos anterios, utilize o SmartWineGlass para se lembrar dos vinhos que provou.

Sábado, 4 de Julho, 2015
Hotel Florida, Lisboa
Das 15h às 21h para o público em geral
Das 14h às 15h para Profissionais e Membros do Club A
Bilhete Normal: 15€
Bilhete Loja: 40€
Bilhete Sala Premium: 50€

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Hoje Não Me Apetece Vinho ! Vinho Com Data de Validade

Pergunto se é desta forma que queremos mostrar o vinho e vendê-lo? Se é assim que vamos valorizar um produto que cada vez mais é tido como de qualidade superior? Encontrei num Hiper deste nosso País este vinho à venda, com um preço promocional de 2,99€, centenas de garrafas empilhadas em caixas e quando vou para ler o contra-rótulo este autocolante negro informa-me da validade do vinho. 20 anos! Baril.  
E ainda se lhe junta uma descrição elaborada e com a sua piada. "Vinho Tinto Fino Seco elaborado com uvas tinta.".
Quem pensa estas estratégias?

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Restaurante Tágide e Caves de São João em Jantar Com Vinhos Espumantes

O Restaurante Tágide dedicou recentemente um jantar vínico dedicado exclusivamente aos Espumantes das Caves de São João, que este ano celebra 125 anos de actividade. Os chefs convidados, Chef Miguel Paulino (Executive Chef SHERATON Lisboa) e o Chef Chocolatier Francisco Siopa, foram buscar inspiração na selecção de Espumantes Caves São João da Bairrada e o resultado foi um menu especial onde o Espumante da Bairrada foi Rei.

Inicio do Jantar com um Amuse Bouche. Um fresco e leve Consommé de Espumante com Ar de Lavagante, acompanhado pelo Espumante Bruto São João 2013 Rosé.

ESPUMANTE BRUTO SÃO JOÃO 2013 ROSÉ |  BEIRA ATLÂNTICO | 12,5% | PVP 5€
BAGA, TOURIGA NACIONAL,  CABERNET SAUVIGNON
CAVES SÃO JOÃO SOCIEDADE DOS VINHOS IRMÃOS UNIDOS, LDA
Cor rosa claro, bolha fina e persistente,  espuma leve,  aromas muito limpos,  boca seca, acidez estaladiça,  limpa a boca, para um cocktail, piscina, inicio de conversa ou, como no caso, já à mesa, para pratos leves e frescos e sem grande complexidade.

De seguida, para mim o prato da noite, uma entrada verdadeiramente deliciosa, complexa e desafiante. O Deserto de Ostras ao Vapor de Espumante. Uma iguaria com harmonização com o Espumante Bruto Natural Quinta do Poço do Lobo Arinto & Chardonnay 2013 Branco. 

ESPUMANTE BRUTO NATURAL QUINTA DO POÇO DO LOBO ARINTO CHARDONNAY 2013 BRANCO |  BAIRRADA  | 12,5% | PVP 7,5€
ARINTO, CHARDONAY
CAVES SÃO JOÃO SOCIEDADE DOS VINHOS IRMÃOS UNIDOS, LDA
Cor amarelo citrino,  bolha de aspecto fino, persistente,  espuma envolvente e cremosa. Nariz de aroma retraído, delicado,  fruta de caroço,  tostado leve. Boca que enche o palato, limonado e fresco, a secar  e a limpar por completo a boca, final longo. Grande ligação ao prato.

O prato de peixe, Estufado de Maçã e Coco em Lúcia-Lima com Tamboril e Pétalas, foi o mote para a ligação perfeita com o Espumante Bruto Natural Luíz Costa Pinot Noir & Chardonnay Bruto 2013 Branco. 

ESPUMANTE BRUTO NATURAL LUIZ COSTA 2013 BRANCO |  BAIRRADA  | 12,5% | PVP 17,5€
PINOT NOIR , CHARDONAY
CAVES SÃO JOÃO SOCIEDADE DOS VINHOS IRMÃOS UNIDOS, LDA
Cor amarelo citrino, nuances adamadas, bolha fina e persistente. Cremosidade da espuma,  leve, elegante e fresca, com notas fumadas,  perfil sequinho, a limpar o palato. Um espumante de eleição à mesa ou fora dela.

Lugar ao prato de carne com o Supremo de Porco a Baixa Temperatura com Falso Ovo e Caviar de Espumante e Laranja. Casamento com o Espumante Bruto Natural Quinta do Poço do Lobo Baga Bruto 2013 Branco.

ESPUMANTE BRUTO NATURAL QUINTA DO POÇO DO LOBO BAGA 2013 BRANCO |  BAGA  | 12,5% | PVP 8€
BAGA
CAVES SÃO JOÃO SOCIEDADE DOS VINHOS IRMÃOS UNIDOS, LDA
Na altura ainda a aguardar o novo rótulo, apresenta, cor amarelo adamado, bolha fina, persistente, aroma mais perfumado, fruta vermelha delicada. Boca cheia de finess, com final de boca longo e fruta boa e fresca. Um espumante que se insere no projecto mais recente projecto Baga-Bairrada. Ligar os dois e ligar identidade.

Pouco depois o limpa palato cheio de frescura, Melão, Chocolate e Iogurte, e a sobremesa, Limão Pistachio e maçã verde, pela mão do Chef Chocolatier Francisco Siopa, em ligação com o colheita tardia Apartado 2012.

APARTADO 2012 COLHEITA TARDIA |  BAIRRADA  | 13,5% | PVP 17€
SEMILLON
CAVES SÃO JOÃO SOCIEDADE DOS VINHOS IRMÃOS UNIDOS, LDA
Cor amarelo âmbar, com rasgos dourados, aspecto limpo e cativante.  Floral no nariz, fruta passa e melaço num conjunto com boa frescura. Na boca revela-se muito equilibrado e harmonioso, perfeito na fruta, na acidez e no doce conseguindo acompanhar a sobremesa até ao final sem se tornar demasiado doce e pesado.

 Para terminar, o Café acompanhado por um Petit Four de Espumante e Manga em Gel.  Ligações comida e Espumante a repetir e a seguir com atenção.

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Sellium Vinho Licoroso

SELLIUM VINHO LICOROSO | 18% | PVP  12,50€
MOSCATEL ROXO
QUNTA DO CAVALINHO VINHOS, LDA
87 / 100

Por vezes encontramos vinhos assim, diferentes e deslocados da região onde seria mais provável encontrá-los. O nome faz referência à cidade romana de Sellium, local onde se descobriram as mais antigas ânforas vinárias em Portugal e que indiciam que o plantio de vinha em Portugal virá desde o período romano. O vinho licoroso que não pode ser chamado de Moscatel Roxo devido à região onde nasce, apresenta cor âmbar definida, aromas exuberantes cheio de fruta seca, fruta passa, melaço, flor de laranjeira, casca de laranja cristalizada e um caramelo leve envolvente. Na boca apresenta-se volumoso, untuoso, polido e com a fruta seca e passa presente, doce, mas com acidez equilibrada que lhe permite vivacidade e duração no copo e na boca. O estágio em barrica dá-lhe amplitude. Gostei de o conhecer e de o juntar à sobremesa.

terça-feira, 23 de junho de 2015

Herdade do Esporão Duas Castas 2014 Branco

HERDADE DO ESPORÃO DUAS CASTAS 2014 BRANCO | ALENTEJO | 14% | PVP  8€
ARINTO, GOUVEIO
ESPORÃO SA
89 / 100

O ano de 2014 tem provado ter sido de excelência para os brancos e este não foge à regra. Este ano as castas seleccionadas foram o Arinto e o Gouveio. Um bivarietal onde o Arinto predomina em percentagem e onde a ligação das duas funciona na perfeição. Um vinho que se apresenta sempre diferente de ano para ano devido a alteração das duas castas que o compõem. Faz parte da magia deste vïnho.
Cor amarelo citrino, tonalidade esverdeada, aspecto limpo e brilhante. Aromas intensos, notas citrinas, lima, abacaxi leve, bom tropical e mineral fresco. Na boca a acidez limpa a boca, faz salivar, pede que se continue, que se junte comida, citrino e com travo vegetal seco, intensidade longa. Conquista a mesa e à mesa.

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Restaurante "Volver By Chakall" - Lisboa

Muitos se recordarão do Restaurante Quinta dos Frades que deu o seu lugar a este Volver By Chakall. Talvez por isso muitos são aqueles que hoje continuam a voltar para novas experiências de Carne, que remetem para a cozinha argentina de Chakall e para experiências de antigos sabores que marcaram um lugar de eleição.


De Carne Y Alma. De presente e de Passado. De Argentina e Portugal. Uma simbiose que funciona na perfeição e que deixa saudade sempre que terminamos uma refeição.

Acolhedor, com um atendimento muito próximo e atencioso. Sentimo-nos bem e queremos voltar. Esta visita ficou essencialmente dominada pela descobertas dos sabores argentinos. Sabores quentes e diferentes.

Inicio de refeição com um Misto de Tapas à Volver e umas Empanadas quentes e reconfortantes e com o necessário tempero viciante.
O Chorizo Argentino com Chimichurri, os Pimentos Padron (em cada dos un és Cabron),os Sconnes de azeitonas e de beterraba, o Queijo Brie em Massa Kataifi,e outras delicias que fui saboreando devagar. Acima de tudo muita qualidade no produto e uma apresentação que nos abre o apetite só de olhar.

A carne é marca registada da casa e não deixa ninguém desiludido. Carne de grande qualidade,no ponto certo e com o Molho de Chimichurri que eu adoro. Coloco em todas as carnes. Compraria potes dele como quem compra o nosso bem português piri-piri.
O tradicional Olho-de-Boi ou o Chuletón de Ávila marmorizada são por isso pratos a pedir.

Ainda a alternativa a quem quiser manter uma linha mais despreocupada saiba que pode pedir Hambúrguer.  Sim. Não será vergonha nenhuma e mais uma vez a carne faz a diferença. Caseiro e com todo o sabor.

Em termos de garrafeira, que pode aproveitar pois o Restaurante dispõe de condições para a degustação de um bom vinho, apesar da predominância dos vinhos lusos, também há lugar aos néctares argentinos.

A sobremesa é também um momento de muita diversidade. Sabores nossos e sabores argentinos, sempre com um toque muito particular dado pro esta casa, todos eles uma perdição.

Destaco, por isso, a Torta Rogel 'Con Mucho Dolce de Leche', o magnifico Crumble de Abóbora, ou Chocolove para quem não passa sem o chocolate.

Conhecido a Carne, fica um regresso prometido para breve para provar a Alma. Até já!

____________________________
RESTAURANTE VOLVER
Tipo de Cozinha: Argentina
Copos de Vinho Adequados: Sim
Estacionamento: Fácil à Noite
Preço Médio Refeição:  35€

Morada: Rua Luís de Freitas Branco, Nº5 1600-488 LISBOA(Lumiar)
Telefone: + 351 217 598 980
Na Net:  http://www.volverbychakall.com/
E-Mail: volver@volver.pt

domingo, 21 de junho de 2015

HELLO SUMMER WINE PARTY | A Paixão pelo Vinho... Em Lisboa!

Organizado pela PurpleSummer Media & Events, com o apoio da revista Paixão pelo Vinho e do Lisboa Marriott Hotel, o evento Hello Summer Wine Party, realiza-se no dia 25 de junho, das 17 às 22 horas. 
O acesso ao evento é livre e na aquisição de um copo de prova, por cinco euros, cada pessoa poderá provar todos os vinhos que desejar, conhecer de perto os produtores e até alguns enólogos, partilhar contactos e aprender. 
Para acompanhar a prova estará disponível um variado menu de petiscos e outras iguarias, como por exemplo escabeche de coelho e aromas do campo com pão de Mafra, pataniscas de estupeta de atum com molho tártaro, queijo ilha São Jorge curado com chocolate negro, croquetes de farinheira com chutney de maçã e saladinha de polvo e pão alentejano, entre outros. Não faltará música, animação e um pôr-do-sol encantador. Posso contar também com a tua presença?

Produtores já confirmados:

Casal da Coelheira (Tejo)
A Serenada / Serras de Grandola (Península de Setúbal)
Roquevale (Alentejo)
S. Caetano Wines (Vinho Verde)
Symington Family Estates / Altano (Douro)
Quinta das Arcas (Vinho Verde)
Herdade Penedo Gordo (Alentejo)
Fita Preta (Alentejo, Açores)
Wines and Winemakers / Lua Cheia em Vinhas Velhas / Azul Portugal (Vinho Verde, Douro, Bairrada, Alentejo)
Quinta da Lixa (Vinho Verde)
Quinta de Covela (Minho)
Quinta da Calçada (Vinho Verde)
Casa Cadaval (Tejo)
Herdade Monte da Cal (Alentejo)
Monte da Ravasqueira (Alentejo)
Quinta do Encontro (Bairrada)
Quinta de Cabriz (Dão)
Adega de Favaios (Douro)
Paixão do Vinho (Madeira)
Herdade do Peso (Alentejo)
João Portugal Ramos (Alentejo, Vinho Verde)
Quinta de S. Sebastião (Lisboa)
Adega do Cartaxo (Tejo)
RG Rovisco Garcia (Alentejo)

No final da festa inicia-se o jantar vínico no Citrus Restaurante. Para este dia o Chef António Alexandre vai ter um desafio à altura da sua arte: cozinhar os pratos perfeitos para acompanhar quatro vinhos selecionados do portefólio Lua Cheia em Vinhas Velhas e um Porto Tawny 10 Anos Azul Portugal.

Este jantar terá um custo de 35 euros por pessoa e a antecipada reserva de lugar é recomendada, podendo ser efetuada através dos n.ºs de telefone 217 235 400 / 211 352 336 ou pelos e-mails lisbon@marriotthotels.com / purplesummer.media@gmail.com.

Apareçam que eu vou lá estar com um copo na mão à vossa espera!

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Herdade do Cebolal 1999 Branco

HERDADE DO CEBOLAL 1999 BRANCO | PENÍNSULA E SETÚBAL | 13% | PVP  1,50€
ANTÃO VAZ, ARINTO, FERNÃO PIRES, ROUPEIRO
ANTÓNIO RODRIGUES LUFINHA
85 / 100

Os anos de colheita de um vinho marcam não só o próprio, mas também quem dele se aproveita, quem o bebe e quem dele retira prazer. Há anos importantes. Anos que marcam a diferença. 1999 não foi um anos especial para o vinho, aliás, nem sequer foi um ano por aí além. Passou-se. Mas 1999 teve o seu que de especial que me levou a comprar esta garrafa e a querer bebe-la com tanta expectativa como se fosse abrir um vinho daqueles que só o rótulo assusta.
No final da garrafa dou por mim a pensar que 1999 até foi um grande ano para vinhos, embora apenas revelado mais tarde.
Cor amarelo torrado, âmbar definido, limpo. Aromas intensos, fruta passa e fruta seca, melaço, mentolado fresco, cativante. Na boca destaque para a acidez, vivaz, limpa e fresca. Fruta passa, fruta amarela madura, com bom comprimento final. Ainda muito bem de forma.

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Quinta da Touriga-Chã 2012 Tinto

QUINTA DA TOURIGA-CHÃ 2012 TINTO | DOURO | 14,5% | PVP  37€
TOURIGA NACIONAL, TOURIGA FRANCA
JORGE ROSAS - VINHOS UNIPESSOAL, LDA
94 / 100

Caramba! É tão bom encontrar vinhos como este. Questionam-me por vezes se vale a pena comprar um vinho deste valor, se não me arrependo de o fazer e o que digo é que vale cada euro. Por vezes só tenho pena de o abrir tão cedo como este. E de não ter outra garrafa para daqui a uns anos voltar a ele deleitar-me com a sua evolução. Hipnotiza pela cor, rubi concentrado e opaco, fechado e de lágrima chorosa. Absorve pelo aroma intenso da fruta vermelha e preta madura bem ligada com as notas especiadas, os tostados provenientes da barrica e aquele refrescante traço vegetal. Apesar da barrica ainda dominar um pouco o bouquet, percebemos equilíbrio que reina já neste conjunto. Arrebata pela boca, de taninos vincados, jovens e cheio de força. Volumoso, enche-nos a boca, faz com que alteremos a nossa expressão, queremos beber cada gota e saboreá-la. Ainda jovem, é certo, com capacidade para que daqui a 10 anos voltemos a pensar em abrir outra sem nenhum receio. Levá-lo à mesa com comida regional transmontana, comida com complexidade, com estrutura. Caramba!

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Areias Gordas 2014 Rosé

AREIAS GORDAS 2014 ROSÉ | MESA | 12% | PVP  6€
TINTO CÃO
TERRA LARGA SOC. AGRÍCOLA AREIAS GORDAS, LDA
85 / 100

Tenho para mim que cada vez mais são necessários os vinhos que fogem da "box" e das réguas rígidas de quem parece querer impor um estilo ou um caminho para quem produz ou consome vinho. Este é mais um caso. Um rosé que não é rosado, um rosé que não é moranguinho, um rosé que não é uma bomba de açúcar. Confunde desde logo pela cor. Adamado pouco intenso, ligeiramente salmão, aberto e de pouca concentração. No nariz temos um rosé diferente, sem a exuberância das notas de morango ou framboesa, mais mineral, vegetal, austero, notas químicas e de perfil fresco. Na boca continuamos num registo diferente do habitual rosado, mais acidez, morango verde, seco e bom comprimento de boca. Liga-se à mesa. Procura pratos com alguma gordura, textura e complexidade. Aprovado!

sábado, 13 de junho de 2015

Encontro Special Cuvée Espumante Bruto 2010 Branco

ENCONTRO SPECIAL CUVÉE ESPUMANTE BRUTO 2010 BRANCO | BAIRRADA | 12,5% | PVP  22€
BAGA, ARINTO
QUINTA DO ENCONTRO SOC VITIVINÍCOLA, LDA
90 / 100

Um Special Cuvée da Bairrada que começa logo por ser especial pela garrafa e pela sua imagem. Transmite elegância e, direi mesmo, algum luxo que não será totalmente despropositado e que cada vez mais poderemos aliar aos espumantes da Bairrada.
A sua cor é de amarelo definido, palha seca, com bolha fina e persistente. Aromas delicados, com pequenos bocadinhos de muita coisa, alguma fruta de caroço madura, ligeiro citrino, tosta leve, perfumado e mineral. Na boca muito elegante e leve, com uma mousse cremosa e envolvente, cheio de elegância e persistência final.
Engraçado como se comporta com comida. Fabuloso com frutos secos, com fumeiro ou com fruta fresca e igualmente grandioso com peixe e carnes brancas já com alguma complexidade.

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Real Companhia Velha | Um Almoço Com História

Caves da Real Companhia Velha em Gaia. Inicio perfeito para uma Tour pelo mundo da Real Companhia Velha num fim-de-semana onde conhecer esta casa histórica na produção de vinho em Portugal não faria sentido sem conhecer a sua história mais afastada.

Após uma breve passagem pela sala das barricas para escolha do vinho de sobremesa do almoço e de degustar umas perfeitas ostras com o Sauvignon Blanc a preceito deste produtor, momento para, no Salão Nobre contíguo à Sala de Eventos, desfrutar de um almoço com uma ementa já com história na companhia de Pedro Silva Reis (Filho), Pedro Silva Reis e Jorge Moreira. 
O aperitivo foi em ligação com o mais recente vinho espumante da Real Companhia Velha. A ligar com a conversa, com o momento e com cada bocadinho picado.


REAL COMPANHIA VELHA ESPUMANTE CHARDONNAY & PINOT NOIR 2012 | DOURO | 12,5 % | PVP 22€
CHARDONNAY, PINOT NOIR
REAL COMPANHIA VELHA
Cor amarelo citrino, definido e de aspecto límpido. Bolha fina e persistente, espuma leve e envolvente, com aromas finos, notas marmelo, fermento, brioche, pão a levedar, muita delicadeza no nariz. Na boca surge com boa acidez, seco, mas com muita elegância, a limpar, com bom comprimento.

Os famosos Filetes de Pescada com Salada Russa juntaram-se ao primeiro branco da refeição. Filetes no ponto para o Evel que mostrou ser um parceiro à altura.
EVEL XXI 2013 BRANCO | DOURO | 13,5% | PVP 11€
VIOSINHO,  ARINTO, RABIGATO
REAL COMPANHIA VELHA
Cor amarelo citrino, nuances esverdeadas, aberto, de aspecto límpido. No nariz os frutos citrinos dizem presente, mineral, com muita frescura e directo. Na boca acidez estaladiça,  vivaz,  sumarento,  com ligeira untuosidade e bom corpo. Final de boca extenso e fresco.
Dois tintos para o Rosbife com Batata Palha. qual o mais indicado? Votaria no Centenário como o mais pronto no momento, mas sem dúvida que o Celebration me mostrou mais futuro e expectativa.
EVEL XXI CENTENÁRIO 2011 TINTO | DOURO | 14,5% | PVP 40€
TOURIGA NACIONAL, TOURIGA FRANCA, TINTA RORIZ
REAL COMPANHIA VELHA
Cor rubi, tonalidades violeta, intenso e concentrado, aspecto limpo.  Aromas intensos, frutos vermelhos e pretos, amoras silvestres maduras, ligeira tosta num perfil fresco. Na boca surge pujante,  cheio de garra, com muita fruta, profundo e final longo. Chama a comida.
QUINTA DE CIDRÔ CELEBRATION 2010 TINTO | DOURO | % | PVP 40€
TOURIGA NACIONAL, CABERNET SAUVIGNON
REAL COMPANHIA VELHA
Cor rubi, intenso, concentrado. Aromas ainda mais contidos,  com fruta preta madura,  traço vegetal, especiado e com a barrica muito bem integrada. Boca austera,  com muito ano pela frente, equilibrado e com estrutura.  Corpulento,  estruturado. Final portentoso.

Na sobrema, com o Porto Vintage, o Bolo de Chocolate tinha de marcar presença.
REAL COMPANHIA VELHA PORTO VINTAGE 2012 | 20% | PVP 50€
Cor vermelhão retinto, opaco e fechado. No nariz a fruta vermelha e preta madura de forma expressiva,  especiarias, pimenta vermelha. Boca cheia,  gulosa,  mastigável,  com notas de cacau, profundo.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails